Páginas

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Vida Cristã: Uma Jornada Solidária, Jamais Solitária



Comunhão, unidade, solidariedade, participação, mutualidade, uns aos outros, são princípios fundamentais do viver cristão. Não existe relacionamento com Deus sem relacionamento com o próximo. O apóstolo João nos revela que não se pode amar a Deus a quem não se ver e odiar o próximo a quem vê (I Jo.4:20)

Nestes tempos de egoísmo e egocentrismo tão evidentes na sociedade, a Igreja de Cristo precisa lutar contra o isolamento crescente dos cristãos, que pensam poderem viver a cristã distantes do viver em comunidade. O evangelho de mamom, da tão falada teologia da prosperidade, tem gerado "cristãos" que buscam nas igrejas apenas seus próprios interesses, suas bênçãos mais urgentes no intuito de satisfazer as suas necessidades. Do púlpito não se fala em integração, cuidado mútuo, não se fomenta o espírito de família que a igreja precisa ter. Incentiva-se a cada um buscar a sua própria vitória, os seus próprios sonhos.

Somado a isso, os programas evangélicos televisivos e os cultos online via internet, ao mesmo tempo que facilitam o acesso de muitos ao evangelho, contribuem para que uma grande parcela dos crentes acreditem que participar do "Show da Fé" e programas semelhantes já seja suficiente para a edificação da sua vida com Deus.

A vida cristã não se vive só assim como um pássaro não voa com apenas uma asa. Ser cristão é um ato solidário e não solitário. Aliás, no princípio, lá no Éden, disse Deus: "Não é bom que o homem esteja só" (Gn.2:18). Salomão, corroborando com esse pensamento assegurou: "é melhor ser dois do que ser um" (Ec.4:9)

Congregar, participar de um grupo pequeno, fazer refeições juntos, compartilhar alegrias e tristezas, orar em concordância, cumprir os mandamentos "uns aos outros" tão comuns em todas as cartas do Novo Mandamento, são práticas essenciais para que posssamos de fato exercer a nossa espiritualidade e vida com Deus. Jesus não disse que seríamos conhecidos pela estrutura dos nossos templos, pela beleza da nossa retórica ou pelo nosso modo de vestir ou ainda pelo penteado dos cabelos mas sim pelo amor que tivéssemos uns pelos outros.

"Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis. Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros. " (João 13:34-35)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça um blogueiro feliz. Fique à vontade e deixe o seu comentário.

Faça um blogueiro feliz!

Comente!

Poderá gostar também de

Related Posts with Thumbnails